Kim do Catedral fala sobre novo CD e sobre polêmica do passado

Por telefone o vocalista da banda Catedral, Kim, atendeu a equipe do CREIO para falar sobre novo CD, Pedra Angular, pela Line Records. Com novo projeto a banda tenta superar o julgamento público vivido em 2001 quando tiveram problemas com uma suposta entrevista. A tal entrevista gerou dano público que a banda tenta reparar na justiça. “Só nós sabemos o que passamos. Fomos injustiçados por inverdades. Fomos massacrados”

Trabalhando há doze anos a banda Catedral resolveu em 2000, ampliar seus horizontes. Assinou com a Warner Music e lançou trabalho para outro público: Para Todo Mundo. O novo foco não significou o abandono do público cristão e sim uma estratégia para alcançar mais pessoas. “O que eu quero falar, falo para todas as pessoas. Não estamos aqui para julgar ninguém”, afirma.

A mudança não foi vista com bons olhos e acabou gerando uma grande polêmica em torno do grupo. Em uma entrevista na sede da gravadora os integrantes foram acusados pelo site ‘Usina do Som’ de negar sua crença e ofender a igreja e o mercado evangélico.  A partir daí, os problemas foram aparecendo e muito foi especulado em relação à veracidade de tais fatos. A Catedral desmentiu as acusações e abriu um processo contra o grupo MK que, segundo ele, “divulgou e avalisou a entrevista como se fosse verdade com intuito claro de nos prejudicar no meio gospel”. O processo segue na justiça.

Mas, isso não impediu o julgamento do público, os CDs foram retirados da gravadora. “Apanhamos muito para muita gente vir saborear depois. Fomos massacrados, todos estão sujeitos a serem injustiçados e caluniados em nosso meio”, conta o vocalista.

Depois do problema a banda lança, pela Line Records, seu novo trabalho, Pedra Angular. Diferente dos últimos projetos, este vem com músicas evangélicas, mas é voltado para todos os públicos. “O público novo ouvia falar do nosso passado, mas não o conhecia, então era importante que eles conhecessem a nossa origem”, explica Kim. É como se fosse uma forma de agradecimento aos fãs por acompanhar a Catedral desde o início.

Com um nome forte, significando o sofrimento e os obstáculos enfrentados por eles nos últimos anos, o novo CD em dois dias após seu lançamento já estava na sua segunda tiragem, trazendo grande expectativa. Nos últimos seis anos do Catedral e Kim todos os CDs e DVDs na Line/New Music venderam média de 90 mil unidades. As doze músicas – seis regravações e seis inéditas – falam sobre sentimentos religiosos, mensagens, amor e assuntos populares.

Pedra Angular, além de comemorar os 22 anos de banda, ajuda a instituição Aacd ( Associação de Assistência a Criança Deficiente), assim como muitos outros trabalhos do grupo. “Muita gente não quer saber disso”, diz Kim. Em contraponto, o agradecimento vem sempre ao público. “Gostaria somente de agradecer aos nossos admiradores por estarem conosco 22 anos. Damos nossa resposta às pessoas com nosso trabalho, nossos 22 anos de trabalho.”

Confira uma faixa do CD Pedra Angular- “Inexoravelmente”


O CD já está disponível nas lojas e no site da Line Records. Para mais informações sobre a banda e os lançamentos acessewww.bandacatedral.com.br ou www.linerecords.com.br

Fonte: Creio.com.br