Música do coração

vozcoracaointernaDeus não quer uma bela voz, um belo espetáculo, uma bela apresentação, ou um belo toque instrumental, ele quer ouvir o seu coração…Quando digo que Deus não se importa com as vozes e a apresentação de um grupo evangélico ou de um ministério de louvor de uma igreja, não quer dizer que não é necessário existir a qualidade vocal e instrumental. É claro que é necessário existir a qualidade ou a musicalidade, porém ela não é o “espírito da coisa”.
A igreja tem que se sentir confortável para que possa, então, se derramar na presença de Deus. Se um guitarrista toca num tom, o tecladista no outro, o baterista nem sabe em que parte da música estão, e os vocalistas gritam para ver qual a voz que sai melhor no retorno, é claro que isso vai gerar um verdadeiro barulho, por melhor que seja a intenção de cada um deles. Então, ministros de louvor, tanto instrumentistas quanto vocalistas, estudem realmente a música e façam o melhor; sejam excelentes no ato de entoar os cânticos a Deus.
Mas como eu já disse, o tocar não é o que importa para Deus. Ele, na realidade, quer saber o que anda “tocando” em seu coração. São as baladas, são as palavras torpes, são os desejos carnais, são as vontades do seu eu, enfim, é seu coração? Ou será que é a Palavra de Deus, a obra de Deus, os anseios do Senhor para seus filhos?
A música que seu coração tem tocado quando não está na igreja, quando está longe dos que cultuam o mesmo Deus que você (que é o único digno de todo louvor e culto) é a mesma que toca perante os cristãos? Essa é a questão principal.
Acima de tudo e todos deve estar o Senhor. Ele deve ser entronizado em sua vida, pois está escrito: Louvai-o, todos os seus anjos; louvai-o, todos os seus exércitos. (Salmos 148.2). E, não só eu, mas, também, o Senhor, consideramos você, levita, um soldado do exército de Deus; para tanto, deve agir como um soldado. Sendo fiel, correto, justo e forte (nesse caso em espírito).
A Palavra de Deus é muito clara no que diz respeito àqueles que o adoram apenas com os lábios: Este povo se aproxima de mim com a sua boca e me honra com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim.  (Mateus 15.8). Mas também é clara quanto aos que o adoram de todo coração: O que ama a pureza de coração, e é amável de lábios, será amigo do rei. (Provérbios 22.11).
Aí fica a pergunta: Qual o desejo maior do seu coração? Será que é estar longe de Deus ou ser amigo do Rei?
Louve-o de todo seu coração, alma e corpo…

Breno Amaral-redação Lagoinha
Anúncios